Despojos de Natal: reutilizar!

Adorei este Natal! Mesmo que não se acredite em Deus, ou se opte por outra religião, acho que o Natal deve de ser um ritual a manter. Afinal, toda a gente se esforça por encaixar as agendas neste dia, mesmo que não tenhamos tempo uns para os outros durante o resto do ano.

Estive cerca de dois dias sem Internet e nem me esforcei para a encontrar. Soube mesmo bem. Espero que toda a gente tenha igualmente conseguido aproveitar ao máximo o Natal, pois é uma época que faz bem ao espírito.

Agora é tempo de organizar alguns “despojos” do Natal. Por exemplo, tenho de seleccionar o papel de embrulho que pode ser reutilizado, e aquele que tem de ir para reciclar. Quando abro as prendas, esforço-me imenso para não rasgar o papel. Guardo o papel usado direitinho, mas, por vezes, precisa de ser passado a ferro (com um pano por cima) para ficar como novo!

Geralmente consigo aproveitar os sacos onde foram oferecidas garrafas de vinho, assim como os laçarotes. Faço sempre uma ronda pelos papeis rasgados que voam pela casa, para os recolher.

Sacos natalícios também são reaproveitados, assim como caixas giras (se tiverem publicidade, esta pode depois ser tapada com algo giro).

Não deitar comida fora, nesta época de excessos, é igualmente importante. Pode-se começar por aquecer o que se fez, mas também se podem transformar as sobras num prato novo, muito gostoso. Não hão-de faltar ideias!

Se recebemos prendas de que não gostamos ou não nos servem de nada, e não dá para efectuar uma troca, podemos sempre treinar a arte de regifting (re-ofertar). Encontrem aqui as “regras”: http://www.regiftable.com/regifting101/default.aspx.

Se tivermos a ideia da reutilização presente, vamos conseguir descobrir uma série de formas de voltar utilizar aquilo com que esta sociedade de consumo nos bombardeia diariamente. A Internet está cheia de sugestões para nos ajudar, mas estar atentos é o principal.

Reutilizar é mais importante que reciclar, na luta contra a lapidação de recursos naturais. Vamos a isso!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

3 respostas a Despojos de Natal: reutilizar!

  1. justwiseup diz:

    Para os restos de comida, podemos encontrar ideias aqui: http://england.lovefoodhatewaste.com/

  2. Rosicler diz:

    Muito obrigada pelas palavras e pela visita no blog.
    “Mesmo que não se acredite em Deus, ou se opte por outra religião, acho que o Natal deve de ser um ritual a manter.” Ao ler esta parte deu-me vontade de partilhar algo:
    Acho que essa parte reflete bem aquilo que penso. Nasci no seio de uma familia católica e sempre fui educada para seguir a religião. No entanto, cresci e desenvolvi outros pontos de vista deveras diferente. Porém, não deixo de festejar com a minha família que tanto me deixa feliz, mesmo que não tenha o valor simbólico-religioso para mim como tem para eles. Pois trago comigo tantas memórias felizes da minha infância que só nesse aspeto o Natal ganha um valor enorme e bonito para mim.
    Acho isso o mais importante.
    Beijinhos e um ótimo ano 2013 🙂
    Rosicler

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s